[thg_db_photographer]: Divisão de Documentação Fotográfica/ Instituto dos  Museus e da Conservação,I.P,  © DDF/IMC,I.P


Designação do objecto:

Átrio Magnifico com Figuras

Localização:

Lisboa, Portugal

Museu titular:

Museu Nacional de Arte Antiga

Data:

Primeira metade do século XVIII

Tipologia do objecto:

Desenho. Cenografia.

Artista(s):

Francesco Galli Bibiena (1659, Bolonha-1739, Bolonha)

Periodo de actividade:

1680-1739

Número inventário do Museu titular:

308 Des

Material / Técnica:

Pena e tinta castanha, com aguada verde e castanha, sobre papel.

Local de produção:

Itália.

Dimensões:

Altura 40,6 cm; largura 57,6 cm

Atelier / Movimento:

Escola Italiana – Bolonha.

Proveniência:

Academia Real de Belas Artes, Lisboa, 1884.

Descrição:

A crescente influência e a interacção dos meios de comunicação reforçou a cultura cosmopolita que caracterizou o processo civilizacional das cortes europeias, a que Lisboa não ficou alheia, dando um novo impulso à monarquia portuguesa.
Tanto na corte de D. João V como na Patriarcal, a música, sagrada e profana, revestiu-se de um forte significado político, reforçando a aura majestática do rei, que, por esta razão, contratou artistas como Domenico Scarlatti, mandou construir a Casa da Ópera, junto ao Palácio Real, em 1754 (destruída no terramoto de Lisboa de 1755) e estimulou o alargamento da Orquestra Real com novos solistas vindos do estrangeiro.
Os trabalhos da família Galli-Bibiena, na área da cenografia teatral, não eram executados em material durável. Devido ao carácter temporário das decorações para as festividades de corte, poucas das suas criações sobreviveram; contudo, a riqueza e o esplendor das suas obras podem avaliar-se pelos desenhos feitos naquele tempo, muitos deles preservados até hoje e conservados, maioritariamente, nas colecções de Viena, Munique e Dresden.
Este desenho, executado por Francesco Galli Bibiena, é um estudo para um cenário não identificado. É possível que tenha entrado em Portugal em 1750-51 pela mão do seu filho, Giovanni Carlo Sicino Bibiena (1717-1760), encarregado pelo rei D. José I de modernizar os teatros e os serviços teatrais.
Representa um espaço interior com grandes arcadas vistas em perspectiva diagonal. A composição é dominada por dois grandes arcos que conduzem a largos corredores no cimo de uma escadaria. As abóbadas são profusamente decoradas e as balaustradas apresentam vários medalhões, com figuras mitológicas ao centro, suportadas por pequenos anjos. O espaço central, rodeado de colunas e de esculturas femininas, é ocupado por senhoras e crianças, sendo mesmo possível observar dois cães, à esquerda. Um jovem monarca faz a sua entrada pela arcada principal, rodeado de soldados carregando estandartes, olhando e apontando para os súbditos, atraindo assim a atenção de todos.

View Short Description

Titular actual:

Museu Nacional de Arte Antiga

Titular original:

Pertenceu provavelmente a Giovanni Carlo Sicino Bibiena (1717-1760)

Como foram estabelecidas datação e origem:

Aproximação estilística à obra gráfica de Francesco Galli Bibiena.

Historial da aquisição pelo Museu:

Este desenho poderá ter entrado em Portugal pela mão de Giovanni Carlo Sicino Bibiena, entre 1751 e 1752, juntamente com outros. Existe pouca informação acerca do paradeiro destes desenhos durante a segunda metade do século XVIII e o início do século XIX.

Por volta do ano de 1845, este desenho encontrava-se na Academia Real de Belas Artes, em Lisboa, tendo sido transferido para o Museu, em 1884, data da sua criação.

Bibliografia seleccionada:

Correia, J.M. da S., "Teatros Régios do século XVIII - algumas considerações acerca dos desenhos da colecção do Museu Nacional de Arte Antiga", in Boletim do Museu Nacional de Arte Antiga, vol. V, nº 3 e 4, Lisboa, 1969.
Beaumont, M. A., "Stage-sets by the Bibienas in the Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa", in Apollo, 1973, pp. 408-415.
Muraro, M. T., Povoledo, E., Illusione e Pratica Teatrale - Proposta per una lettura dello spazio scenico dagli intermedi fiorentini all'Opera comica veneziana, Venezia, 1975.
Catálogos de Exposições:
Desenhos dos Galli Bibiena. Arquitectura e cenografia / Eighteenth-Century Scenic and Architectural Design, Lisboa / USA, 1987 / 1990.
I Bibiena, una famiglia europea, Bologna, 2000.

[thg_db_notice_b_title]

Direitos de autor fotografias: Divisão de Documentação Fotográfica/ Instituto dos Museus e da Conservação, I.P.

Citation:

Regina Peixeiro "Átrio Magnifico com Figuras" in Discover Baroque Art , Museum With No Frontiers, 2018. http://www.museumwnf.org/thematicgallery/thg_galleries/database_item.php?itemId=objects;BAR;pt;Mus11_A;45;pt&id=theatre

Autoria da ficha: Regina PeixeiroRegina Peixeiro

APELIDO: Peixeiro
NOME PRÓPRIO: Regina

LOCAL DE TRABALHO: Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

CARGO: Curadora da colecção de gravuras e desenhos

CV:
Regina Peixeiro é licenciada em História da Arte e trabalha como Conservadora no Gabinete de Desenhos e Gravuras do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa.

Número interno MWNF: PT 48